Beleza e saúde

10 tipos de tranças para noivas e convidadas

Por Ângela Espinha, o 04/04/16
Ângela Espinha
10 tipos de tranças para noivas e convidadas
Entretranças
10 Comentar

De há uns anos para cá as tranças ficaram outra vez na moda, tanto para usar no dia-a-dia, como para festas e casamentos nas convidadas e também nas próprias noivas. Se estás a pensar usar uma, mostramos-te todos os tipos.

Os penteados de noiva são um dos pontos mais importantes para o teu look, e as tranças ganham cada vez mais destaque no dia do teu casamento. Já tens o teu anel de noivado, mas falta-te inspiração para o look que deves usar? Existem muitos tipos de tranças: as clássicas, as francesas, as holandesas, as que são mais soltas, as que são mais agarradas ao cabelo, as compridas ou as que formam um apanhado. Adaptam-se a todas as texturas de cabelo, já que são a melhor forma de dar algum corpo e movimento aos cabelos lisos e conseguem domar os encaracolados mais rebeldes, e são ideais para todos os estilos de vestido de noiva  e até mesmo para os tipos de vestido de cerimónia, sejam eles curtos, longos ou vestidos de cerimónia plus size! Gostavas de usar uma, mas não sabes qual escolher? Nós mostramos-te várias opções.

1. Clássica

Esta é a trança mais simples e fácil de fazer e, pela sua simplicidade, é a que melhor complementa um vestido de noiva com renda. De certeza que todas nós a usámos quando éramos pequenas, feita pela nossa mãe antes de ir para a escola. É aquele tipo de trança a que recorremos e quando estamos com pressa e mas queremos arranjar-nos um pouco para evitar sairmos despenteadas para a rua. A mais usada, porque podemos fazê-la sem sequer ter de olhar para um espelho, fica sempre bem.

2. Soga ou corda

Também muito simples e ao mesmo tempo formal, mas não demasiado, esta trança é o penteado para cabelos compridos ideal se o que procuras é um look romântico. Clássica e despretensiosa, é aparentemente fácil, mas isso não significa que não envolva muita técnica nas mãos dos profisionais. De certeza que te vais destacar com este penteado único!

3. Desfeita

Totalmente informal, esta trança representa descontração, mas sem perder o estilo e o glamour. Pode-se usar atrás ou de lado e fica surpreendentemente bem num estilo mais casual e boho chic.

4. Espinha de peixe

Assemelha-se ao formato da espinha de um peixe, daí o seu nome. É um tipo de trança que suaviza as feições e é a preferida de noivas mais boho, que adoram um vestido de noiva curto e solto no grande dia. Discreta, mas com estilo e com um toque chique, pode ser utilizada de inúmeras formas, inclusivé presa como uma coroa. Deste modo vais destacar-te entre os convidados com este apontamento de extremo bom gosto e modernidade.

5. Medieval

Esta trança tem de ser feita por um especialista, porque como é um tipo de trança solta, pode-se desfazer rápido e numa ocasião de casamento convém durar todo o dia. Ideal para noivas que querem dar volume ao seu cabelo e que gostam de um estilo mais clássico usando, por exemplo, um vestido de gala comprido.

6. Cascata

Uma das que está mais na moda nos últimos tempos e muito usada no dia-a-dia. Muito delicada e feminina, mas trabalhosa. Marca o rosto e dá um look bohemio e ao mesmo tempo glamoroso. Consegues um ou o outro estilo, dependendo do teu vestido e acessórios.

7. Cascata com duas madeixas

A mesma trança que a anterior, mas esta feita com duas madeixas ou duas partes de cabelo. Presa como penteado apanhado, faz lembrar os penteados da Grécia antiga. Também se pode usar com o cabelo solto, formando uma coroa. Esta segunda opção é mais indicada para quem tem muito cabelo e volume.

8. Quatro madeixas

Muito elaborada, também é preferível que seja feita por um profissional. Tal como a maioria das tranças pode-se usar caída atrás, de lado ou presa como coroa.

9. Francesa

Quase tão conhecida como a clássica, com a diferença que começa na parte de cima da cabeça. Muito elegante e ótima para quem tem muito cabelo, pois dará ao cabelo um ar ordenado.

10. Holandesa

Como último exemplo de trança, temos a trança holandesa. Aparentemente diferente da trança francesa, mas com a mesma lógica de construção. A diferença entre as duas, é que esta última é feita de dentro para fora.

Já tens a tua trança preferida? Escolhe a que melhor combina com o teu look e vestido e não te esquecas, começa já a pensar nos convites de casamento para enviares aos teus convidados! de certeza que võ adorar cada detalhe, até provarem o fantástico bolo de casamento!

Pode interessar-lhe

Comentários (10)

Liliana
Liliana A 1/11/2017 às 16:41

Adoro tranças!!! é uma hipótese para o meu penteado! Adorei a numero 7...

Responder
A
Anita A 17/05/2017 às 13:41

Adoro tranças! Vou incorpora-lãs no menu penteado de alguma forma

Responder
Liliana
Liliana A 8/02/2017 às 10:36

Gosto imenso de tranças e vou ter de incorporar uma trança no penteado. Será bem discreta mas estará lá

Responder
Bbjn
Bbjn A 18/08/2016 às 18:35

Acho super giro, e elegante! Fica bem com qualquer tipo de vestido, visto que existem diversas formas de fazer penteados com tranças!

Optaria como convidada

Responder
Ana R
Ana R A 8/06/2016 às 00:15

Gostava de utilizar trança, acho todas magnificas é pena eu ainda não ter o cabelo muito comprido que ficavam melhor

Responder
Daniela
Daniela A 16/05/2016 às 16:27

Ainda estou indecisa

Responder
Maria
Maria A 8/05/2016 às 01:32

Pena que as tranças não fiquem tao bonitas e vistosas nas morenas como nas loiras

Responder
Elsa
Elsa A 14/04/2016 às 23:28

Eu estava a pensar levar tranças, acho que em mim ficava muito bem e realmente gostei de todas elas que vi. Mas gostava de ver se realmente diz bem ou é adquado com as coisas que vou levar no cabelo.... mas gostava muito da trança de quatro pontas... Agora pelas imagem que vi, já estou a ponderar qual delas?

Responder
Ana Gonçalves
Ana Gonçalves A 13/04/2016 às 13:55

Para mim como noiva não gosto, mas como convidada parece-me bem

Responder
Bárbara & Mário
Bárbara & Mário A 4/04/2016 às 07:47
Eu vou levar trança em espinha de peixe adoro
Responder
Comentar

Mais sobre Beleza e saúde

Artigos por temas

Voltar ao topo